Ler Edição

Janeiro 2016

Expectativas de preços apontam para estabilização do mercado em 2016

  • Consultas por potenciais clientes aumentam;
  • Promotores com expectativas de preços mais sólidas;
  • Oferta no arrendamento volta a registar uma forte quebra.

Ricardo Guimarães

Diretor da Ci

Uma vez mais os agentes inquiridos manifestam uma preocupação com os impactos que possam decorrer dos atuais riscos políticos e económicos. Mesmo assim, é clara a sua crença no potencial do mercado, em especial mercê da dinâmica da procura por investidores internacionais e no sector do turismo. Para isso enfatizam a necessidade de consolidar a estabilidade e de relançar medidas como o Visto Gold.

Simon Rubinsohn

Economista Sénior do RICS

A recuperação da economia portuguesa solidificou-se em 2015, com o crescimento do PIB que passou de 0,9% para 1,4%. Se 2016 é para continuar a trazer melhorias ao mercado imobiliário, os fundamentos económicos serão a chave. Apesar das previsões serem consensuais quanto ao cenário ao longo dos próximos 12 meses, a incerteza presente na economia global representa um risco com potencial impacto negativo.