Ler Edição

Junho 2018

Procura e vendas abrandam em Junho

  • Procura estabiliza em Lisboa e no Algarve
  • Instruções de venda registam nova queda
  • Expetativas de vendas mais moderadas

Ricardo Guimarães

Diretor da Ci

“Não é a primeira vez que se regista um declínio na atividade do mercado no Verão, designadamente no que respeita à procura por compradores potenciais. Foi assim este ano e nos anteriores. Mesmo no Algarve, apesar dessa ser a época alta do turismo. Não obstante, alguns agentes inquiridos notam haver um novo clima entre os investidores, que estarão mais cautelosos quer devido ao atual nível de preços, como em resultado das alterações legais que é esperado que possam entrar em vigor no futuro próximo.”

Simon Rubinsohn

Economista Sénior do RICS

“Ainda que os números de Junho apontem para um mês mais calmo da atividade em algumas regiões do país, tal acontece na sequência de um percurso de crescimento sólido. Dado que os indicadores económicos se mantêm robustos e a confiança dos consumidores continua forte, as perspetivas para o mercado residencial permanecem sólidas no curto- -prazo, mesmo que o crescimento na atividade possa arrefecer em algum momento.”