Dezembro 2020

Portuguese Housing Market Survey

ATIVIDADE NO MERCADO RESIDENCIAL CONTINUA POUCO DINÂMICA

  • Procura por parte dos novos compradores continua em declínio
  • Expetativas de curto-prazo permanecem contidas
  • Procura estável no mercado de arrendamento

Simon Rubinsohn

Economista Sénior do RICS

“Com a pandemia a continuar a ter um impacto forte na economia, é compreensível que a confiança continue frágil entre as empresas e as famílias. Em reflexo disso, uma grande maioria dos consumidores inquiridos no último inquérito da Comissão Europeia afirma não sentir confiança em concretizar uma compra de grande dimensão no atual clima. Os últimos resultados do PHMS mostram uma mensagem semelhante, com incerteza quanto à evolução da pandemia a dever continuar a limitar a atividade nos próximos meses”

Ricardo Guimarães

Diretor da Ci

“Os últimos resultados mostram que o mercado, como aliás todo o país, não teve praticamente tempo para celebrar a chegada da vacina. A escalada da pandemia nas últimas semanas volta a pressionar a dinâmica quer da procura quer da oferta, com muitos inquiridos a frisar que a procura por parte de novos compradores recuou, condicionando as expetativas de curto-prazo. Ainda assim, as previsões do mercado para os próximos 12 meses, de acordo com o inquérito, apontam para uma estabilização dos preços, com um ajustamento marginal de 1,5% . Não há dúvida que o sucesso da vacina e o controlo da pandemia serão a chave”.

Apoios

Últimas Edições